h1

Lapa também é moradia

setembro 13, 2007

Lugar da boemia carioca e de um tradicional roteiro cultural, quem poderia acreditar que mesmo com a rápida revalorização, a Lapa poderia ser lugar de moradia? Pois essa é a nova aposta de algumas construtoras: a valorização no mercado imobiliário residencial do bairro.

Construtoras de prestígio como a CHL, conhecida por seus investimentos na Zona Sul do piscina do condominio Viva LapaRio, e a paulistana Klabin Segall já entraram na nova tendência. Condomínios residenciais já estão sendo construídos no bairro e são sucesso de vendas. O empreendimento residencial Cores da Lapa vendeu as suas 688 unidades em menos de duas horas. Mais surpreendente ainda foi a procura que resultou na venda dos 178 apartamentos, em menos de uma hora, do mais recente lançamento, o Viva Lapa, localizado na rua Gomes Freire.

A praticidade em se obter em um mesmo lugar lazer, proximidade ao trabalho, diversão, cultura e boemia vêm encantando os cariocas. Mas todo esse processo de transformação está fazendo com que o bairro sofra uma reurbanização e descaracterização. Tal mudança está na construção de farmácias, padarias e outras lojas de conveniência e cria um novo mercado para a Lapa.
Pessoas que freqüentam e trabalham no bairro aprovam a idéia, mas temem com as possíveis mudanças na região, como o criador do site Lá na Lapa, Nelson Porto:
– A construção de condomínios residenciais faz parte do processo de revitalização da Lapa, assim como está ocorrendo no Catete e é um mega sucesso. Eu tenho medo do que possa acontecer com o Democráticos, porque o lugar talvez tenha que sofrer com reformas, como a instalação de acústica. Mas, esse processo é enriquecedor para o bairro e trará muitos avanços.

Essas propostas inovadoras sem dúvidas passarão a ser mais uma forma de transparecer a democracia, a universalidade da Lapa. Um lugar de malandros e intelectuais, ricos e pobres, boemia e cultura, tudo em plena harmonia.

Por Milena Veloso

Anúncios

2 comentários

  1. […] Sérgio Barros, 28 anos, advogado, e Carolina Almeida, 20 anos, estudante de Comunicação da UFRJ. Sérgio e Carolina serão um dos mais de 688 novos moradores do condomínio Cores da Lapa. O jovem casal resolveu comprar o seu primeiro lar em um dos projetos mais ousados que vem sendo […]


  2. A CHL, construtora do Viva Lapa, atrasou as obras e não está dando satisfação nenhuma.

    Se tiver interesse em me ajudar e publicar uma nota sobre isso por favor me escreva belarba@gmail.com



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: