Archive for janeiro \10\UTC 2013

h1

A Lapa perde suas cores

janeiro 10, 2013

Artista e obra, Jorge Selarón.

Esta quinta-feira, 10, tornou-se um dia de luto para um dos bairros mais alegres do Rio de Janeiro. Nesta manhã, o artista plástico Jorge Selarón foi encontrado morto na escadaria que leva seu nome – um dos mais famosos pontos turísticos da Lapa. O Lapa em Foco não poderia deixar de prestar sua homenagem a esse artista chileno, que se tornou famoso graças a seu trabalho no bairro carioca.

De acordo com as informações divulgadas no site do jornal “O Globo”, o corpo de Selarón foi encontrado na escadaria com marcas de queimaduras, ao lado de uma lata de solventes de tinta. Segundo entrevistas de pessoas próximas ao pintor ao jornal, Selarón estava em depressão por causa das ameaças que vinha recebendo de um ex-colaborador de seu ateliê , desde novembro de 2012. A polícia ainda está investigando o caso, trabalhando com as possibilidades de suicídio, homicídio ou crime passional.

A brutalidade da morte chocou tanto amigos quanto fãs e moradores da cidade, que usaram as redes sociais para expressarem a tristeza de ver o fim do trabalho de um dos maiores contribuintes da alma e alegria carioca. Jorge Selarón começou a trabalhar na escadaria no início da década de 90, quando se mudou definitivamente para a Lapa. Em 2005 a Prefeitura do Rio tombou a escadaria como patrimônio da cidade, eternizando a obra.

foto de divulgação/Gemerson Dias

No verso de sua foto, vendida junto com suas pinturas, fica eternizada a declaração do artista: “Esse sonho único e maluco só vai terminar no dia de minha morte”. Agora o que resta do chileno de alma carioca é apenas a sua história e sua alegria contada pelos azulejos nos degraus da escadaria do Convento de Santa Teresa.

Fica, aqui, o registro de tristeza e admiração de nós, do Lapa em Foco, aos anos de trabalho do chileno mais carioca Jorge Selarón.

por Carolina Ruiz e Milena Veloso